Fotos de eventos: por que é tão difícil ter bom senso?

Não é a primeira vez que vejo um amigo/conhecido fotógrafo reclamando das câmeras dos convidados enquanto estava trabalhando… isso tem se tornado cada vez mais comum já que todos tem um smartphone e/ou uma câmera digital no bolso.

fonte: https://www.facebook.com/iqvideography

E hoje, na minha flanação matinal pelo Facebook, vi dois casos que me chamaram a atenção.
A primeira, ilustrada com a foto acima! GENTE! O que faz uma pessoa levar um iPad para um casamento? Cadê o momento de contemplação, de êxtase pela cerimônia?
Eu levo meu telefone, tiro minha fotos mas, mesmo sendo alta, não abuso disso para fotografar… faço fotos da forma mais sutil possível!
Tem coisa mais chata do que não conseguir ver uma foto boa do evento onde você contratou (e pagou) um fotógrafo para isso? Ou, pior, ter várias fotos com outro fotógrafos aparecendo?

E a segunda, foi de uma amiga, reclamando da “interação” das crianças durante um espetáculo. Era um teatro e as crianças subiam no palco… DETALHE: não era uma peça interativa. As crianças precisavam ficar sentadas!
E os pais? Alegavam que crianças são crianças, precisam ser crianças…
Fácil ne? Pais que não conseguem colocar limites nos filhos se justificam dizendo que eles precisam brincar!
Oi? O entretenimento no teatro é ASSISTIR, então faça o seu filho ficar sentado ou GET OUT!

E isso acontece nas festas das escolas… pais alucinados querendo fotografar os filhos na frente do palco sem pensar que existem outros pais, com filhos no palco também, que estão – CIVILIZADAMENTE – sentados assistindo.

Educação e MODELO andam juntos. Seu filho será o espelho de suas atitudes… eles aprendem por repetição e modelo. Seja um ótimo exemplo para o seu filho!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2008-2013 © Eu, ele e as crianças | Criação: Helena Sordili | Desenvolvimento: Carranca Design Carranca Design por Felipe Viana