Ansiedade com o fim das férias

Embora tenha um monte de mães ansiosas com o fim das férias nessa semana (esse ano foi uma loucura, por conta da Copa do Mundo parece que as crianças ficaram de férias por 2 meses né? E muitas escolas voltaram com as aulas dia 12/07, outras dia 28/07 e a dos meus hoje, dia 31/07) o post de hoje não é sobre as mamães… é sobre as crianças!

#97785767 / gettyimages.com

Quando eu era criança ficava extremamente ansiosa para voltar às aulas. Percebam, não era uma ansiedade pelo final das férias, mas sim uma ansiedade com o retorno à escola. Eu queria ver meus amigos, matar as saudades, fazer outras coisas, ler, estudar etc.

Claro que as minhas férias eram bem diferentes das férias que os meus filhos tem hoje.

Primeiro porque meus pais trabalhavam (meu pai fora e minha mãe em casa) e viajávamos apenas uma vez por ano, nas férias de janeiro.

Segundo porque, como minha mãe não dirigia, nossos programas eram bem limitados até certa idade e depois, com o ganho da autonomia de cada uma de nós, começamos a poder ir e vir de ônibus e metrô para quase todos os lugares. (com 10 anos já íamos sozinhas para minha avó, com 12 ou 13 fazíamos passeios maiores, como cruzar a cidade de ônibus para patinar no gelo no shopping Morumbi)

E terceiro porque eram outros tempos né? Não existia essa pressão por passeios, por felicidade infinita, por distração full time. Fazer NADA era parte das férias! Descansar… o tal ócio criativo!

Mas, a ansiedade da Isabela está relacionada a tudo o que ela passou conosco nesses (mais de) 30 dias de férias. Embora no começo ela tenha pedido para ir ao curso de férias da escola, depois ela pediu para ficar em casa. E no último final de semana, quando ela viu que a nossa mini-viagem tinha acabado, que as aulas retornavam nessa semana, ela começou a chorar e chorar sem explicação aparente.

No começo achei que era manha, depois, comecei a me preocupar. Ela chorava um choro sentido sabe? De quem está com medo… E eu fui novamente explicando que nada vai mudar, fui mostrando o quanto é bom ir para a escola. Que o nosso tempo juntos diminui com a volta às aulas, mas que ela passa um período ótimo na escola, com a professora e os amigos. E que podemos aproveitar enquanto faço o jantar, ou antes de dormir lendo e fazendo algo que ela goste… e que temos o final de semana inteiro para nós.

Enfim, conversamos e mostrei os caminhos naturais do dia-a-dia. Que eu e o pai sempre estamos aqui, para qualquer situação.

Ontem ela foi para a escola. Era o encerramento do curso de férias, com festa a fantasia e, além de eu ter um compromisso, ela quis ir! Mas voltou murcha, com saudades da gente, de brincar com a gente.

Hoje as aulas começam de novo e quero ver como será a reação dela pois, em tese, os amigos todos voltam hoje. Acho que, se eu chegar pontualmente para buscá-la ela vai dizer: amanhã você vem mais tarde? Quero brincar mais!

Quem viver, verá! heheh

beijos
Lele

Tags: , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2008-2014 © Eu, ele e as crianças | Criação: Helena Sordili | Desenvolvimento: Carranca Design Carranca Design por Felipe Viana