As mães da minha família

Mãe é tudo igual, só muda de endereço.

Será mesmo?

mães

As mães da minha família são diversas. Diversas no sentido de muitas e também de diferentes.

Na minha família tem mãe de um, dois, três e até de cinco filhos. Tem mãe de coração, mãe solo, mãe por opção, mãe no susto, mãe planejada, mãe madura, mãe jovem, mãe em tempo integral (quem não?), mãe leoa, mãe boazinha.

Tem mãe artista, bailarina, workaholic, dona de casa, viajante, estudiosa, ex-patriada, cansada…

Na minha família, até as mulheres que não são mães, são mães. Deu pra entender? Não pariu nem tem filho de fato, mas sai cuidando e “adotando” filhos por onde passa: na própria família, no trabalho, entre os amigos. Tem cuidado, carinho, atenção e broncas, claro.

Tem mãe que virou avó. Tem mãe que virou bisavó. São as mais doces e sábias. São calmas e pacientes com as crianças. Mas não venha um marmanjo fazer algo errado que elas ficam bravas.

Na minha família tem mães que deixaram saudades. Que se foram e ficamos aqui, sentindo falta de um colo, um carinho e um abraço. Mas sempre relembrando as risadas, as histórias, as especialidades culinárias.

Ainda temos mães em gestação. Esperando o primeiro ou o segundo filho. Será que elas sabem que nunca mais conseguirão olhar para outras mães com o mesmo olhar? Será que elas sabem que ao nascer um filho, nasce uma mãe e um turbilhão de conexões são estabelecidas em nosso cérebro?

Que ao ter um filho nos braços a vida toma outro rumo, ganha outro sentido?

Frases de mães

Já fez a lição?

Abaixa o volume.

Pegou a blusa?

Vai tomar banho.

O jantar está pronto.

Ajuda o seu irmão.

Posso ficar sozinha um pouco?

Você está me ouvindo?

Hora de dormir.

Fique calmo, vai dar tudo certo.

Eu estou aqui, do que você precisa?

Me abraça?

Durma bem.

Algumas dão conta de tudo sozinhas. Outras tem certeza de que não conseguiriam dar conta se não tivessem o companheiro que tem.

São criativas com as perguntas inusitadas dos filhos, com as demandas escolares, com os pedidos das crianças, com a economia doméstica e até com a culinária.

Algumas amam viajar, outras não gostam de sair de casa. Podem gostar de aventuras ao ar livre, mas também curtem a selva de pedra.

Todas elas tem crenças, em algo ou alguém superior a nós, que nos guia e mantém, que acalma e desperta.

As mães da minha família realmente são especiais. Elas são muitas, são plurais! Cada uma delas é um pouco disso e daquilo, uma mistura única, uma química perfeita. São tudo ao mesmo tempo agora.

E eu espero que a gente aprenda diariamente, e não só no dia das mães, a respeitar as diferenças, a exercitar a empatia, e a deixar de lado a competição.

Não existe umas delas, na minha família, que eu possa apontar como melhor. Cada uma delas é a melhor que pode ser, dentro do seu conhecimento e exercício diário, mãe para o seu filho.

Um lindo dia das mães, todos os dias para você e todas da sua família!

beijos
Lele

2 comentários em "As mães da minha família"

  1. Que texto lindo! Praticamente uma poesia. Amei!

    1. Jura que gostou?
      <3
      bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2008-2017 © Eu, ele e as crianças | Criação: Helena Sordili | Desenvolvimento: Carranca Design Carranca Design por Felipe Viana