[PROJETO VERÃO] Tratamento corporal: Plataforma Power Shape

Como diz minha amiga Mari Belém, vamos abraçar o clichê com força e fazer um PROJETO VERÃO?

hehehe

Muito bem! Quem me acompanha sabe que eu adotei o LOW CARB como estilo de vida e o que parecia impossível – reduzir o consumo de carboidratos, depois de uma breve adaptação me fez MUITO bem!

SIM! Eu emagreci, ganhei mais disposição e passei a me alimentar melhor – com muitas verduras e comida de verdade no prato.

MAS, nem só de alimentação vive um Projeto Verão né mores?

Então eu decidi partir para os exercícios (falarei deles em outro post) e dar uma turbinada com tratamentos estéticos! UHHUU!

Eu sempre fui fã de massagem, drenagem linfática ou modeladora, mas nunca tinha encarado um tratamento com aparelhos. Decidi começar e estou AMANDO.

Plataforma Power Shape

power shape siluets

Depois de passar por uma avaliação milimétrica (com anamnese e medidas corporais), o primeiro tratamento indicado para mim pela equipe da Siluets Jardim São Paulo (pertinho de casa! VIDA!! mas com certeza tem uma perto da sua casa também! olha aqui), foi a plataforma Power Shape.

Quando exposto ao equipamento, o tecido se aquece com a combinação da radiofrequência e do laser, numa profundidade entre cinco e dez milímetros. Isso aumenta o metabolismo e estimula o colágeno , que é responsável pela sustentação da pele.

Para quem não gosta de procedimentos que causam desconforto, uma boa notícia: a plataforma exerce apenas uma massagem e não causa dor , somente uma sensação de sucção com um calor superficial.

O powershape elimina as temidas celulites, modela as curvas e deixa a pele mais resistente. O número de sessões varia de acordo com cada pessoa. Resultados podem ser melhor observados a partir da quarta sessão.

O procedimento realizado, por fisioterapeuta, em 3 etapas:
Cavitação (quebra a célula de gordura, atuando de forma mais profunda);
Sucção (com massagem que modela);
Aquecimento (que estimula o colágeno e a elastina).

A minha área para as primeiras sessões são as coxas/culotes. A sessão é dividida entre as pernas, de frente e de costas. Na área a ser trabalhada é aplicado um gel condutor na primeira fase (cavitação/ultrassom) e um gel deslizante na segunda/terceira fase, com o cabeçote massageador.

É um procedimento suave, indolor e que não deixa manchas/hematomas na pele.

Devo fazer outros tratamentos lá e volto aqui contar para vocês!

Beijos e ótima semana,
Lele

Tags: , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2008-2017 © Eu, ele e as crianças | Criação: Helena Sordili | Desenvolvimento: Carranca Design Carranca Design por Felipe Viana